Leave-in é bom na medida

Sabe o ditado de que menos é mais? Pois ele se encaixa perfeitamente quando o assunto é leave-in. Sabendo usar esse produto da maneira adequada (e na quantidade correta!), esses cosméticos podem fazer verdadeiros milagres para os cabelos

Eles podem facilitar o desembaraço e proteger os fios das agressões externas. Também podem ajudar na hidratação após procedimentos químicos e até mesmo dar brilho. Mas se o leave-in oferece todas essas ações, então se conclui que pode ser usado sempre, certo? Errado. Para que o produto aja corretamente é preciso saber quando e quanto usar. O uso do leave-in deve ser feito sempre durante o dia, nunca à noite, a não ser que ele seja especificamente noturno, senão seu efeito não será o mesmo. Outra pergunta frequente é quanto ao momento de ser aplicado. Os profissionais explicam que o ideal é usar o leave-in, com os fios úmidos, depois de serem lavados, com exceção daquele que tem como função retirar o mau cheiro das madeixas, indicado para as melenas secas. É bom deixar claro também que o leave-in age como um creme de pentear, mas não como um reparador de pontas. A função do creme de pentear é de ajudar a desembaraçar, dar textura e proteger os fios. Já o reparador de pontas é um silicone ou óleo que ajuda a definir cabelos modelados e a tirar o ar muito seco e frizz dos cabelos.

O uso correto faz a diferença

O primeiro passo é a indicação do hair stylist, pois só depois do diagnóstico do cabelo da cliente é possível orientar quanto de produto deve ser usado. Após essa análise, é bom explicar às mulheres como ele deve ser aplicado, já que tudo vai depender da finalidade do leave-in. Para quem vai fazer uma escova ou apenas proteger os fios das agressões externas, o indicado é passar o produto em todo o cabelo. No caso dos reparadores, a aplicação deve ser longe da raiz, ou seja, do comprimento para as pontas, para que o couro cabeludo não fique oleoso e pesado. Mas lembre-se, seja qual for o produto, não esfregue os fios.

Uma moedinha

Uma moeda de R$ 0,50. Essa é a quantidade de leave-in que o profissional deve usar e aconselhar sua cliente na hora de aplicar. Essa é a quantidade indicada, mas é bom lembrar que cada cliente tem um volume específico de fios, por isso, é bom avaliar antes, mas sem dúvida pequenas quantidades são suficientes. Explicar na prática como deve ser uso, pode fazer toda a diferença em casa. Passar leave-in sem proteção solar e tostar os fios na praia pode ser desastroso para os cabelos.

Remova os excessos

Em casos de fios danificados, o uso do leave-in é indicado para ser usado todos os dias. O ideal é que, uma vez por semana, lavar as madeixas com xampu de limpeza profunda. Para cabelos muito oleosos é indicado passar em casa, mas na maioria dos casos é melhor que a cliente faça esse procedimento no salão para que o profissional tenha um maior controle desse procedimento e evite deixar o fio ressecado e sem as vitaminas necessárias.

Fonte: Portal Cabelos e cosméticos

Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s